Dicas

O estilo Zen, entre pureza e elegância

O estilo Zen, entre pureza e elegância



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Zen, um programa inteiro! Entre a inspiração asiática e a purificação do espaço, como definir esse estilo, os móveis e as harmonias coloridas relacionadas a ele. Móveis com linhas puras Em termos de móveis, o estilo japonês se destaca como óbvio. Mesa e cadeira modernistas, cama como futons ao nível do solo, decorações inscritas em tapetes de bambu ou tapetes simples e sóbrios. Todos devem formar linhas puras e compor tabelas relaxantes e gráficas. Evite acumular objetos a todo custo. E é melhor esconder tudo nos armários para sublimar um ou dois objetos, uma planta gráfica, uma lâmpada de design. O design também ocupa um lugar especial nesses universos zen. Como a modernidade é óbvia, evite colocar um guarda-roupa antigo ou um objeto encontrado em um mercado de pulgas nesses universos. Composições assimétricas e materiais naturais Tudo está então na arte da composição. Para fazer isso, evite simetrias e, como as composições asiáticas, as decorações devem formar tabelas assimétricas. Em termos de materiais, madeira, laca, melamina e vidro serão os materiais preferidos para o estilo Zen. Lado têxtil. Para ter em sua decoração Zen, tecidos como algodão, lã seca, lona de algodão, couro. Em termos de cores, há brancos, cremes e bege, toda a sinfonia de tons de cinza e preto, com alguns padrões raros e minimalistas. Observe que as estampas e tecidos asiáticos, como os sashikos (padrões brancos em azul marinho ou preto), funcionam maravilhosamente.